Translate

Planeta Sustentável

domingo, 21 de novembro de 2010

O Papel da Escola no desenvolvimento da aprendizagem do aluno.


Autor: Maria Inez Rodrigues


Podemos dizer que, enquanto uma concepção (construtivismo - Psicologia histórico-cultural) defende a interação com o meio e de que o conhecimento não é dado, mas sim é construído, a outra defende a relação social como instrumento para o desenvolvimento das funções psíquicas e, por conseguinte, da aprendizagem. Ou seja, é por meio da mediação entre o sujeito e o objeto que construímos os conhecimentos e desenvolvemos as funções mentais. Em outras palavras, Piaget deu ênfase às construções realizadas pelo sujeito, enquanto que Vigotsky aos processos de trocas, ou seja, de interação do sujeito com o seu meio. Desta forma, quando optamos por uma ou outra concepção de aprendizagem estamos definindo uma técnica ou uma prática de ensino fundamentada numa teoria que poderá ou não trabalhar a aquisição do conhecimento como forma de apropriação e, que serão ou não assimilados no decorrer de um ano letivo. Na verdade, o princípio disso tudo está na compreensão do que seja Construtivismo e do que seja Teoria Histórico-Cultural, pois, de acordo com Graziela Lucchesi “o trabalho educativo recebe diferente papel no processo de aprendizagem e desenvolvimento humanos”(p.3), a partir da compreensão exata das duas teorias. Isso quer dizer que a gênese da Teoria Histórico-Cultural é a natureza social da aprendizagem, enquanto que o Construtivismo possui sua gênese no desenvolvimento mental, o que leva o trabalho do professor e, por conseguinte da escola em sua especificidade, organizar-se de modo a desenvolver uma boa aprendizagem nos alunos por intermédio de ações e atividades que os levem a compreensão no uso de instrumentos físicos e simbólicos, que resultarão na apropriação de conhecimentos científicos produzidos pela humanidade, sem que isso determine um amadurecimento prévio desse aluno para a aprendizagem deste ou daquele conteúdo. Para isso, é necessário que o professor tenha conhecimento de ambas as teorias, a fim de organizar seu trabalho, tendo a compreensão de funcionamento do desenvolvimento da aprendizagem naquilo que a define na linguagem e pensamento, formação de conceitos, etapas do desenvolvimento e que são elementos importantes para a organização de estratégias e metodologias de ensino, pois, ambas as teorias concebem a criança como um ser ativo que se desenvolve a medida que interage com outras pessoas.

Referências:

SILVA,Graziela Lucchesi R.EIDT,Nadia Mara. Oposições teórico-metodológicas entre a Psicologia Histórico-Cultural e o construtivismo Piagetiano: implicações à educação escolar.

ARGENTO,Heloisa.Teoria sócio-construtivista. Publicado em: http://www.robertexto.com/archivo1/socio_construtivista.htm

http://www.pgie.ufrgs.br/alunos_espie/espie/franco/public_html/textos/piavygo.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O SABER E O SABOR

Loading...

Palestra: Mario Sergio Cortella

Loading...

O SEGREDO

Loading...

GONZAGUINHA

Loading...

IÇAMI TIBA

Loading...

quadro da educação

Loading...

sistema educacional - desabafo

Loading...

Crônica - Sinto vergonha de mim

Loading...

INCLUSÃO SOCIAL

Loading...

iclusão escolar

Loading...

filmes

  • A casa do lago
  • A filha do presidente
  • Amizade Colorida
  • Antes que termine o dia
  • Cavalo de Guerra
  • Conversando com Deus
  • Diamante de Sangue
  • Gladiador
  • Imagine eu e você
  • Meu nome é Radio
  • O diabo veste prada
  • O pacto
  • Titanic
  • Uma linda mulher
  • uma lição de amor