Translate

Planeta Sustentável

domingo, 16 de agosto de 2009



Perguntas Frequentes
Informe-se e Previna-se
Perguntas e respostas da Nova Gripe:

1 - Quando a pessoa deve procurar um médico?
Se você tiver sintomas como febre repentina, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dores nas articulações, falta de ar, cansaço e dores nas costas, procure um médico ou um serviço de saúde.

2 - O que fazer em caso de surgimento de sintomas?
Qualquer pessoa que apresente sintomas de gripe deve procurar seu médico de confiança ou o serviço de saúde mais próximo, para receber o tratamento adequado. Nos casos de agravamento ou de pessoas que façam parte do grupo de risco, os pacientes serão encaminhados para um hospital.

3 - Qual a diferença entre a gripe comum e a Influenza A (H1N1)?
Elas são causadas por diferentes subtipos do vírus Influenza. Os sintomas são muito parecidos e se confundem: febre repentina, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dores nas articulações e coriza. A orientação é, ao ter algums destes sintomas, procure seu médico ou vá a um posto de saúde. É importante frisar que, na gripe comum, a maioria dos casos apresenta quadro clínico leve e quase 100% evoluem para a cura. Isso também ocorre na nova gripe.

4 - Como eu posso me prevenir da doença?
Alguns cuidados básicos de higiene podem ser tomados, como: lavar bem as mãos frequentemente com água e sabão, evitar tocar os olhos, boca e nariz após contato com superfícies, não compartilhar objetos de uso pessoal e cobrir a boca e o nariz com lenço descartável ao tossir ou espirrar.

5- Quanto tempo dura vivo o vírus H1N1 numa maçaneta ou superfície lisa?
Até 8 horas.

6- O álcool em gel é eficaz para a limpeza das mãos?
Sim. Torna o vírus inativo e o mata, desde que haja uma higiene prévia das mãos e do ambiente.

7- Qual é o período de incubação do vírus?
Em média de 2 a 7 dias e os sintomas aparecem quase que imediatamente.

8- Quando há a indicação de uso do medicamento?
Pelos protocolos clínicos do Ministério da Saúde, grupos de risco e pacientes com quadro grave da doença é que devem fazer a utilização do medicamento. Ela deve ser controlada, pois o seu uso indiscriminado pode gerar uma resistência do vírus, fazendo com o que o remédio não tenha mais efeito no combate ao vírus como já ocorre em alguns países.

9- O vírus é mortal?
Não, o que ocasiona a morte é a complicação da doença causada pelo vírus, que é a pneumonia viral ou doenças pré-existentes.

10 – Estar vacinado contra a influenza sazonal protege também contra o H1N1?
Não. Uma vacina específica para a nova gripe está sendo produzida, contudo ainda não há data para que ela seja comercializada.

11 - Qual é a população que apresenta maior risco de contaminação?
Como não há carga genética de defesa por se tratar de um vírus novo, ninguém está imune. Porém há maior incidência em pessoas com idade entre 20 e 50 anos.

12- A pessoa com gripe pode fazer exercício ao ar livre?
Sim, o vírus não se locomove sozinho, porém deve-se tomar alguns cuidados como não espirrar ou tossir próximo as pessoas.

13- Quem já foi contaminado por este vírus, fica imune?
Sim.

14- Como acontece a contaminação?
Quando uma pessoa espirra ou tosse, o vírus pode ficar nas superfícies lisas como maçanetas, dinheiro, papel, documentos, sempre que houver umidade. Por isso é recomendada a higiene das mãos constantemente.

15- Existe algum risco em comer carne de porco?
Não há risco de contágio.

16- É indicado tomar antivirais antes dos sintomas aparecerem?
Não. Além de não servir para prevenir a doença, situações como esta só favorecem uma evolução do vírus, que pode criar resistência ao medicamento.

17- Qual é a previsão de produção da vacina contra a influenza A (H1N1) no Brasil?
O Instituto Butantan, ligado à Secretaria de Saúde do Governo do Estado de São Paulo, é responsável no Brasil por desenvolver as vacinas contra a gripe comum (sazonal) e estará à frente também do desenvolvimento da gripe contra a influenza A (H1N1). A vacina a ser produzida no Brasil estará disponível no próximo ano. Além de desenvolver a vacina, o MS avaliará, junto ao Butantan, a necessidade de comprar vacinas prontas de outros fabricantes.

18 - Como é realizada a distribuição do medicamento?
A distribuição dos medicamentos é centralizada. O Ministério da Saúde envia os remédios aos estados, respondendo às solicitações das Secretarias Estaduais de Saúde. A distribuição para os pacientes e dá por meio de um protocolo que traz as orientações para quando há ou não indicação do uso do medicamento.

19 - Quais os critérios de utilização para do medicamento fosfato de oseltamivir?
Apenas os pacientes com agravamento do estado de saúde nas primeiras 48 horas, desde o início dos sintomas, e as pessoas com maior risco de apresentar quadro clínico grave serão medicados com o fosfato de oseltamivir. Os demais terão os sintomas tratados de acordo com indicação médica. O objetivo é evitar o uso desnecessário e uma possível resistência ao medicamento, assim como já registrado em outros países.

20 - Quem está no grupo de risco?
O grupo de risco é composto por idosos, crianças menores de dois anos, gestantes, pessoas com diabetes, doença cardíaca, pulmonar ou renal crônica, deficiência imunológica (como pacientes com câncer, em tratamento para AIDS), pessoas com obesidade mórbida e também com doenças provocadas por alterações da hemoglobina, como anemia falciforme. É importante lembrar, também, que todas as pessoas que compõem o grupo de risco para complicações de influenza necessitam de avaliação e monitoramento clínico constante de seu médico, para indicação ou não de tratamento com o fosfato de oseltamivir.

21 - Grávidas podem tomar fosfato de oseltamivir (Medicamento contra a nova gripe) ?
Não há registros de efeitos negativos do uso do fosfato de oseltamivir em mulheres grávidas e em fetos. No entanto, como medida de precaução e conforme orientação do fabricante, esse medicamento só deve ser tomado durante a gravidez se o seu benefício justificar o risco. Essa decisão deve ser tomada de acordo com indicação médica.

Fontes:
Ministério da Saúde
Secretaria de Saúde do Paraná.

sábado, 11 de julho de 2009

ESCOLA DE QUALIDADE


Esta é uma experiência que viabiliza a contrução de uma escola de qualidade:

1- A ESCOLA ENSINA PELO EXEMPLO, NÃO PELO SERMÃO: é tornando a escola mais digna, mais íntegra que se obtem o ensino da dignidade e da ética;

2- VALORES SE ENSINAM EM CADA E EM TODAS AS DISCIPLINAS: é contando histórias, é vivendo situações concretas que se avança nesta direção;

3- APRENDE-SE PARTICIPANDO, SENDO ATOR MAIS DO QUE ESPECTADOR: a escola é um grande laboratório no processo de participar;

4- VISITAS E EXCURSÕES TRAZEM UMA PITADA DE MUNDO REAL: é apenas o estopim para criar um clima de discussão aberta em torno de temas;

5- CONFERÊNCIAS E NARRATIVAS SOBRE SITUAÇÕES INDIVIDUAIS VIVIDAS: a idéia de que sermão não ensina mas narrativa concreta pode ensinar;

6- TRABALHO CMUNITÁRIO: sua implemenação não é fácil, mas é uma idéia muito boa que ajuda a reforçar a educação para valores.


Escola séria é assunto de todos. Escola boa não se faz por decreto, mas pela vontade coletiva do povo.


Claudio de Moura Castro

quarta-feira, 8 de julho de 2009

UM AMOR INCOMPARÁVEL




O amor dos pais pelos filhos costuma causar admiração.
Nenhuma dedicação lhes parece excessiva, quando se trata de assegurar o bem-estar de seus rebentos.
As figuras doces das crianças são observadas com enternecimento pelos genitores.
Eles os percebem como pérolas de luz, como penhor de um futuro melhor.
São uma nova e promissora geração, em cujas mãos o mundo pode se tornar mais digno e justo.
Mas por um tempo são apenas aves frágeis.
Clamam por asilo no peito dos pais, que os acolhem carinhosamente.
Para garantir a sobrevivência dos pequeninos, seus genitores trabalham incansavelmente.
Quando a enfermidade aparece, atravessam noites de dolorosa vigília, sem esmorecer.
A fragilidade dos que iniciam a existência é marcante.
É preciso assegurar-lhes absolutamente tudo.
Alimento, agasalho, escola, educação...
Essa formidável responsabilidade gera incontáveis inquietações.
Entretanto, mais tarde, os pais não se lembram de cobrar impostos de reconhecimento.
Também não aguardam que os filhos se convertam em fantoches de seus caprichos.
Tudo o que almejam é que se tornem adultos honrados e felizes.
Contudo, algumas dessas crianças rosadas e risonhas mais tarde caem sob terríveis enganos.
Deixam-se seduzir pelas tentações do mundo e esquecem as lições que receberam no lar.
Para os outros, então, são apenas criminosos ou pervertidos.
Mas para os pais eles seguem como preciosos tesouros.
Os genitores sabem esquecer as rugas de dor que as quedas dos filhos lhes causam.
Desejam mais do que tudo que seus rebentos se reergam e reparem os estragos que causaram.
Que surjam novamente dignos perante o mundo e reconstruam sua felicidade em bases nobres.
Talvez alguns considerem demasiada tal dedicação.
Para esses, eles têm apenas uma resposta, mesclada de alegria e de pranto:
Ora, são os meus filhos!
O amor dos pais pelos filhos realmente costuma causar admiração.
Embora sejam criaturas imperfeitas, trabalham pelo bem dos filhos e jamais aceitam que permaneçam derrotados e sofredores.
Imagine-se, então, a grandiosidade do Amor Divino!
Deus não apenas gera corpos.
Ele cria os Espíritos e acompanha com ternura inimaginável a sua lenta e milenar evolução.
O Universo é o maravilhoso lar divino, onde os filhos do Autor da Criação têm as experiências de que necessitam.
Amparados, fortalecidos, corrigidos, sobretudo amados, seguem em direção ao seu destino de luz.
Nesse grandioso contexto, facilmente se percebe que as dificuldades são percalços momentâneos.
Afinal, foi por amor que Deus nos criou e é com amor que nos conduz à sabedoria e à paz!
Pensemos nisso.

Redação do Momento Espírita, com base no cap. LXIII
do livro Justiça Divina, pelo Espírito Emmanuel,
psicografia de Francisco Cândido Xavier, ed. Feb.
Em 07.07.2009.

ALMAS PERFUMADAS


Tem gente que tem cheiro de passarinho quando canta, de sol quando acorda, de flor quando ri.
Ao lado delas, a gente se sente no balanço de uma rede que dança gostoso numa tarde grande, sem relógio e sem agenda.
Ao lado delas, a gente se sente comendo pipoca na praça, lambuzando o queixo de sorvete, melando os dedos com algodão doce da cor mais doce que tem pra escolher. O tempo é outro. E a vida fica com a cara que ela tem de verdade, mas que a gente desaprende de ver.
Tem gente que tem cheiro de colo de Deus, de banho de mar quando a água é quente e o céu é azul.
Ao lado delas, a gente sabe que os anjos existem e que alguns são invisíveis.
Ao lado delas, a gente se sente chegando em casa e trocando o salto pelo chinelo, sonhando a maior tolice do mundo com o gozo de quem não liga pra isso.
Ao lado delas, pode ser abril, mas parece manhã de Natal, do tempo em que a gente acordava e encontrava o presente do Papai Noel.
Tem gente que tem cheiro das estrelas que Deus acendeu no céu e daquelas que conseguimos acender na Terra.
Ao lado delas, a gente não acha que o amor é possível, a gente tem certeza.
Ao lado delas, a gente se sente visitando um lugar feito de alegria, recebendo um buquê de carinhos, abraçando um filhote de urso panda, tocando com os olhos os olhos da paz.
Ao lado delas, saboreamos a delícia do toque suave que sua presença sopra no nosso coração.
Tem gente que tem cheiro de cafuné sem pressa, do brinquedo que a gente não largava, do acalanto que o silêncio canta, de passeio no jardim.
Ao lado delas, a gente percebe que a sensualidade é um perfume que vem de dentro e que a atração que realmente nos move não passa só pelo corpo. Corre em outras veias. Pulsa em outro lugar.
Ao lado delas, a gente lembra que no instante em que rimos Deus está conosco, juntinho, ao nosso lado. E a gente ri grande que nem menino arteiro.
Tem gente como você, que nem percebe como tem a alma perfumada e que esse perfume é dom de Deus.
Carlos Drummond de Andrade

sábado, 16 de maio de 2009

Tão bom Viver...



Tão bom viver dia a dia...A vida assim, jamais cansa...


Viver tão só de momentos Como estas nuvens no céu...


E só ganhar, toda a vida,Inexperiência... esperança...


E a rosa louca dos ventos


Presa à copa do chapéu.


Nunca dês um nome a um rio:


Sempre é outro rio a passar.


Nada jamais continua,


Tudo vai recomeçar!


E sem nenhuma lembrança


Das outras vezes perdidas,


Atiro a rosa do sonho


Nas tuas mãos distraídas...


(Mário Quintana)

sábado, 2 de maio de 2009

Eu não sou você



Eu não sou você.Você não é eu.


Mas sei muito de mim Vivendo com você


E você, sabe muito de você


Vivendo comigo?


Eu não sou você


Você não é eu


Mas encontrei comigo e me vi


Enquanto eu olhava para você


Na sua, minha, insegurança


Na sua, minha, desconfiança


Na sua, minha, birra infantil


Na sua, minha, omissão


Na sua, minha, firmeza


Na sua, minha,impaciência


Na sua, minha, prepotência


Na sua, minha, fragilidade doce


Na sua, minha,nudez aterrorizada.


E você se encontrou e se viu


enquanto olhava pra mim?


Eu não sou você


Você não é eu


Mas foi vivendo minha solidão


Que conversei com você


E você conversou comigo na sua solidão


Ou fugiu dela, de mim e de você?


Eu não sou vocêVocê não é eu


Mas sou mais eu, quando consigo Lhe ver, porque você me reflete


No que ainda não sou No que já sou eNo que quero vir a ser...


Eu não sou vocêVocê não é eu


Mas somos um conjunto,Somos capazes de, diferenciadamente,


Eu ser eu, vivendo com você e Você ser você, vivendo comigo.


(M. Freire)

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

NAVEGUE




Fernando Pessoa

Navegue, descubra tesouros, mas não os tire do fundo do mar, o lugar deles é lá. Admire a lua, sonhe com ela, mas não queira trazê-la para a terra. Curta o sol, se deixe acariciar por ele, mas lembre-se que o seu calor é para todos. Sonhe com as estrelas, apenas sonhe, elas só podem brilhar no céu. Não tente deter o vento, ele precisa correr por toda parte, ele tem pressa de chegar sabe-se lá onde. Não apare a chuva, ela quer cair e molhar muitos rostos, não pode molhar só o seu. As lágrimas? Não as seque, elas precisam correr na minha, na sua, em todas as faces. O sorriso! Esse você deve segurar, não deixe-o ir embora, agarre-o! Quem você ama? Guarde dentro de um porta jóias, tranque, perca a chave! Quem você ama é a maior jóia que você possui, a mais valiosa. Não importa se a estação do ano muda, se o século vira e se o milênio é outro, se a idade aumenta; conserve a vontade de viver, não se chega à parte alguma sem ela. Abra todas as janelas que encontrar e as portas também. Persiga um sonho, mas não deixe ele viver sozinho. Alimente sua alma com amor, cure suas feridas com carinho. Descubra-se todos os dias, deixe-se levar pelas vontades, mas não enlouqueça por elas.
Procure, sempre procure o fim de uma história, seja ela qual for. Dê um sorriso para quem esqueceu como se faz isso. Acelere seus pensamentos, mas não permita que eles te consumam. Olhe para o lado, alguém precisa de você. Abasteça seu coração de fé, não a perca nunca. Mergulhe de cabeça nos seus desejos e satisfaça-os. Agonize de dor por um amigo, só saia dessa agonia se conseguir tirá-lo também. Procure os seus caminhos, mas não magoe ninguém nessa procura. Arrependa-se, volte atrás, peça perdão! Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário. Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas. Se achar que precisa voltar, volte! Se perceber que precisa seguir, siga! Se estiver tudo errado, comece novamente. Se estiver tudo certo, continue. Se sentir saudades, mate-a. Se perder um amor, não se perca! Se achá-lo, segure-o! Circunda-te de rosas, ama, bebe e cala. O mais é nada".

domingo, 25 de janeiro de 2009

Elegância



Que lindo é ser Elegante!


"Existe uma coisa difícil de ser ensinada e que, talvez por isso, esteja cada vez mais rara: a elegância do comportamento.


É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres e que abrange bem mais do que dizer um simples obrigado diante de uma gentileza.É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até a hora dedormir e que se manifesta nas situações mais prosaicas, quando não há festa alguma nem fotógrafos por perto.É uma elegância desobrigada.


É possível detectá-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam.Nas pessoas que escutam mais do que falam.E quando falam, passam longe da fofoca, das pequenas maldades ampliadas no boca a boca.


É possível detectá-la nas pessoas que não usam um tom superior de voz ao sedirigir a frentistas.Nas pessoas que evitam assuntos constrangedores porque não sentem prazer em humilhar os outros.


É possível detectá-la em pessoas pontuais.Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece, é quem presenteia fora das datas festivas, é quem cumpre o que promete e, ao receber uma ligação, não recomenda à secretária que pergunte antes quem está falando e só depois manda dizer se está ou não está.


Oferecer flores é sempre elegante.É elegante não ficar espaçoso demais.É elegante, você fazer algo por alguém , e este alguém jamais saber o que você teve que se arrebentar para o fazer...


É elegante não mudar seu estilo apenas para se adaptar ao outro.É muito elegante não falar de dinheiro em bate-papos informais.É elegante retribuir carinho e solidariedade. É elegante o silêncio, diante de uma rejeição...


Sobrenome, jóias e nariz empinado não substituem a elegância do Gesto.


Não há livro que ensine alguém a ter uma visão generosa do mundo, a estar nele de uma forma não arrogante. É elegante a gentileza, atitudes gentis falam mais que mil imagens.......


Abrir a porta para alguém...é muito elegante.


Dar o lugar para alguém sentar...é muito elegante......


Sorrir, sempre é muito elegante e faz um bem danado para a alma......


Oferecer ajuda...é muito elegante......


Olhar nos olhos, ao conversar é essencialmente elegante...


Pode-se tentar capturar esta delicadeza natural pela observação, mas tentar imitá-la é improdutivo. A saída é desenvolver em si mesmo a arte de conviver, que independe de status social: é só pedir licencinha para o nosso lado brucutu, que acha que"com amigo não tem que ter estas frescuras".Se os amigos não merecem uma certa cordialidade, os desafetos é que não irão desfrutá-la.


Educação enferruja por falta de uso.E, detalhe: não é frescura."


(autor desconhecido)

domingo, 18 de janeiro de 2009

videoSou professora de Educação Especial. Trabalho em uma APAE e considero essa experiência a mais importante na minha vida, pois aprendemos muito mais do que ensinamos. Nunca podemos substimar o ser humano nas diversas formas que ele tem no desenvolvimento de sua aprendizagem. Cada vez mais aprendo com meus alunos e, de uma coisa podemos estar certos, nunca podemos julgar uma pessoa pela sua aparente fragilidade, pois ela pode te surpreender.

Maria Inez Rodrigues

Pensamentos sobre Educação




“Não há educação fora das sociedades humanas e não há homens isolados. O homem, e somente o homem é capaz de discernir, de distinguir o “ser” do “não ser”, com esta capacidade ele alcança o ontem, reconhece o hoje e descobre o amanhã. Ao constatar essa realidade, ele se integra e se enraíza, em uma situação de tempo e espaço, tornando-se assim um ser crítico, que vive em transição.” (Paulo Freire)
“Somente através de uma transformação profunda na consciência dos homens é que se poderá atingir uma sociedade mais humana, menos injusta, mais digna de ser vivida, a fim de poder realmente desfrutar com alegria do privilégio de viver, criar e conviver. E esta transformação só poderá ser obtida, a meu ver, através de um processo educacional global e renovado, que parte da base, e que mature através de gerações, e que, por isso mesmo, não pode mais ser adiado.” (Geraldo Jordão Pereira)
“Brincar com as crianças não é perder tempo, é ganhá-lo, se é triste ver meninos sem escola, mais triste ainda é vê-los sentados enfileirados, em salas sem ar, com exercícios estéreis, sem valor para a formação do homem.” (Carlos Drummond de Andrade)

"Não eduque uma criança apenas para
vencer na vida, e sim para ser feliz. Assim, ela aprenderá o valor das coisas e não o seu preço."

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

O Trabalho do Pedagogo

O trabalho pedagógico está relacionado com interesses ideológicos que de certa forma interferem na vida escolar. Esses interesses refletem o poder de uma classe que se sobrepõem a outra, demonstrando o poder que o capital têm sobre o trabalho, cada vez mais visíveis no mercado capitalista.
Infelizmente diante dessa realidade, o pedagogo busca ainda o seu espaço, porém seu papel de mediador e articulador da multifacetada realidade político-pedagógica das escolas, deve ser o ponto chave para ele poder fazer a diferença.
Sendo ele o responsável em garantir que a função social da escola seja plenamente realizada, ou seja, formar o sujeito para o mundo produtivo e social, é preciso que tenhamos claro que o foco do trabalho do pedagogo deve ser predominantemente de domínio mais aprofundado das questões educacionais e pedagógicas presentes na escola, para que possa intervir nos momentos que o processo ensino e aprendizagem apresentarem dificuldades.
Em fim, o pedagogo é aquele que domina a sistemática das forma de organização do processo cultural da escola (Saviani, 1985) e é na conquista dessa profissionalidade que devemos continuar trabalhando cada vez mais para uma educação de qualidade junto ao coletivo dos profissionais da escola.

Maria Inez Rodrigues

O SABER E O SABOR

Loading...

Palestra: Mario Sergio Cortella

Loading...

O SEGREDO

Loading...

GONZAGUINHA

Loading...

IÇAMI TIBA

Loading...

quadro da educação

Loading...

sistema educacional - desabafo

Loading...

Crônica - Sinto vergonha de mim

Loading...

INCLUSÃO SOCIAL

Loading...

iclusão escolar

Loading...

filmes

  • A casa do lago
  • A filha do presidente
  • Amizade Colorida
  • Antes que termine o dia
  • Cavalo de Guerra
  • Conversando com Deus
  • Diamante de Sangue
  • Gladiador
  • Imagine eu e você
  • Meu nome é Radio
  • O diabo veste prada
  • O pacto
  • Titanic
  • Uma linda mulher
  • uma lição de amor